DENUNCIE É A ÚNICA FORMA

Compatilhar 05/09/2020 por Maria Alice Azevedo Marques Envie seu artigo! Clique aqui!

Na violência contra a mulher há sempre a dúvida porque a vitima não denuncia e as razões são muitas ligadas ao medo de represálias e vergonha.

Mas as mulheres tem que repensar que o marido que a atinge é um agressor que não mudará facilmente, e por suas características não tem medo da mulher, da família, etc e só irá parar frente a lei e o juiz, pelas sanções que podem lhes ser impostas.

RAciocine, na escalada da tensão dos conflitos ele passa pela extrema irritação por qualquer coisa, depois chega à explosão  aonde ele bate, depois vem o arrependimento com as juras de amor; só que na proxima vez por qualquer coisa ele se irrita de novo, explode, agride, e torna a jurar que não vai fazer mais.

Mas faz.

Então voce não tem escolha.

Denuncie, porque só assim ele parará de lhe agredir.

Hoje a denuncia pode ser feita não só pela vitima mas por qualquer um que saiba ou presencie alguma coisa.

Voce não está sozinha: na delegacia da mulher, que é especialisada nesses casos, tem a delegada, psicologa, assistente social e promotor que em 48h avisa o juiz que por sua vez examinando o caso chama o agressor, e aplica medidas protetivas contra a mulher e repressivas contra o homem.

Essas medidas vão do afastamento do agressor, retirada dos filhos, pagamento de pensão, cassação de arma de fogo, e nos casos mais graves abriga-se a mulher com os filhos em lugares apropriados até que o problema acabe. Tem até lugares para a mulher aprender um novo ofício.

E por ultimo o homem pode ser preso, mas isso não é uma conduta absoluta: as vezes o juiz na sentença em vez de mandar prende-lo detemina que ele faça terapia de grupo por um certo tempo.

Estive com um razaz a pouco tempo que me confessou ” estar se sentindo muito mais leve por ser menos agressivo com as coisas ”

Então, tome coragem e denuncie 180

Aplicativos

juntas- mete a colher- me respeita- direitos humanos br

 



Direitos da Mulher